Pernas saudáveis

Estratégias para lidar bem com a chegada do calor

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A chegada dos meses mais quentes pode ser sinónimo de agravamento dos sintomas de Doença Venosa Crónica. Conheça os cuidados essenciais para se sentir bem e prevenir complicações.

A Doença Venosa Crónica é uma patologia crónica e evolutiva, cujos sintomas tendem a agravar-se nos meses mais quentes, uma vez que a exposição ao calor dilata os vasos sanguíneos e aumenta a estase (estagnação do sangue).1

Sensação de pernas cansadas e pesadas, dor nas pernas, pés e tornozelos inchados, dormência nas pernas, cãibras noturnas e comichão são sintomas que normalmente se agravam com o tempo quente.1

É por isso que deve conhecer os cuidados que podem ajudá-lo a prevenir o agravamento destes desconfortos e a prevenir o agravamento da DVC.

Evite permanecer muitas horas de pé ou sentado, principalmente de pernas cruzadas1

Pratique exercício físico regular, uma vez que este estimula a contração muscular e, consequentemente, o retorno venoso1:

– Dê preferência a desportos como a ginástica, natação, ciclismo ou dança, que promovem a circulação venosa;

– Evite desportos como basquetebol e ténis, que obrigam a movimentos bruscos e induzem variações de pressão nas veias que provocam a sua dilatação e a diminuição do retorno venoso.

Evite lugares quentes e procure lugares frescos1

Evite a exposição solar prolongada, banhos quentes e sauna1

Privilegie o uso de roupa fresca e larga. Roupa muito apertada comprime as veias e dificulta a circulação1

Passe água fria nas pernas, para estimular o funcionamento venoso e aliviar a dor e sensação de pernas pesadas1

Previna a obstipação1:

– Opte por uma alimentação rica em fibras;

– Faça uma hidratação adequada (as necessidade de água podem variar entre 1,5 a 3 litros por dia);

– Reduza a ingestão de gorduras saturadas.

Procure usar calçado apropriado. Devem ser preferidos saltos de 3-4 cm, em detrimento de sapatos de salto e sapatos rasos.1

No tempo quente, aproveite para dar um passeio à beira-mar.2

Cuidados noturnos2

Durante a noite, o sistema venoso não é estimulado da mesma forma como durante o dia, por isso, deve tentar promover a circulação sanguínea. Antes de adormecer:

Realize movimentos de pedalar

Massaje as pernas de baixo para cima com a ajuda de um gel-creme, de forma a estimular o retorno venoso

Eleve os pés da cama 10 a 15cm

DVC – Doença Venosa Crónica

Referências:
1 – Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular (2011). «Recomendações no diagnóstico e tratamento da Doença Venosa Crónica»
2 – Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular. «Conselhos – Doença Venosa Crónica». Alerta Doença Venosa. Disponível em: https://www.alertadoencavenosa.pt/conselhos. Acedido a 14 de março de 2021.